0050-LayzaVasconcelos-7087
0050-LayzaVasconcelos-7087

press to zoom
0103-LayzaVasconcelos-6910
0103-LayzaVasconcelos-6910

press to zoom
0002-LayzaVasconcelos-5229_edited
0002-LayzaVasconcelos-5229_edited

press to zoom
0050-LayzaVasconcelos-7087
0050-LayzaVasconcelos-7087

press to zoom
1/6

APRESENTANDO

direção LUA BARRETO e THAISA SANTOTH
  • Instagram
  • YouTube
  • Facebook

SOMBRAS

O projeto nasceu através de um processo com o estudo dos Chakras e sua aplicação física , realizado pela diretora e atriz Thaisa Santoth. Cada artista se aprofundou em um ponto energético de acordo com sua experiência com o isolamento social. Cada solo tem duração de 30 min e o horário é agendado antecipadamente.

“Inspira”,com a atriz Thaísa Santoth Fala sobre as intenções da personagem para o ano de 2020 e como o acontecimento da pandemia transformou suas expectativas.

“Mágoas”, com o circense Luís Rick,  nos envolve em um processo de autoconhecimento a partir da necessidade de lidar com sua própria dor.

"Refém" , com Zaf PK Popper, nos traz um personagem que, devido ao isolamento social, vê-se preso ao seu vício, equilibrando-se entre vencê-lo ou entregar-se a ele.

"Desejo", Cauê Marques nos faz sentir como o confinamento mexeu com nossa libido e nos obrigou a encarar a solidão e repensar nossas vontades.. 

"Fragmento", Luciano Di Freitas, nos leva ao reconhecimento da dureza de nos encarar durante o isolamento social, depois de tanto nos esconder de nós.

"Ausência", com Lua Barreto, nos traz um personagem que sente o vazio devastador de perder alguém de forma precoce em meio a toda essa loucura sanitária que nos amedronta.

1020-LayzaVasconcelos-4738
1020-LayzaVasconcelos-4738

press to zoom
0554-LayzaVasconcelos-4392
0554-LayzaVasconcelos-4392

press to zoom
WhatsApp Image 2020-09-03 at 18.23
WhatsApp Image 2020-09-03 at 18.23

press to zoom
1020-LayzaVasconcelos-4738
1020-LayzaVasconcelos-4738

press to zoom
1/7
direção LUA BARRETO

SEM ASAS

0951-LayzaVasconcelos-4715.jpg

Varieté temática com números de circo. Sem Asas traz uma nova etapa da pesquisa da Cia no sentido de promover a acessibilidade ao público surdo. Com pouquíssimo texto falado, o público ouvinte acompanhará o desenrolar do tema através das músicas. A condução da dramaturgia do espetáculo acontecerá apenas em libras. As inserções em libras não são uma tradução dos significados das músicas, mas sim um roteiro que foi criado especificamente para isso. Ou seja, o público ouvinte terá uma compreensão e o público surdo terá outra.

FICHA TÉCNICA

Direção – Lua Barreto

Sonoplastia e efeitos sonoros – Reginaldo Mesquita

Cenografia – Bruno do Amaral

Figurino – Lua Barreto

Elenco: Alexssandra Cristina. Cauê Marques, Lua Barreto, Luis Rick, Marcelo Marques, Reginaldo Mesquita e Zaf PK Popper